Total de visualizações de página

terça-feira, 8 de julho de 2008

Deixe o ir...

Que se vão as desavenças futuras e presentes.
Vão embora as possibilidades de mudanças...
Mais pretenção teria eu, se esperasse, exigisse que mudasse.
Dói agora, mas logo passa...
Se tá de porre em algum lugar, quem secará tuas lágrimas?
Que pegue uma puta por aí...
Vá encher o saco de quem tiver tempo pra aturar...
Fiquei triste, pois sei que ele ficou.
Mas, não vejo um futuro com alguém como ele que, prefere um
hábito milenar que a sociedade não aceita, por ser hipócrita, e bla bla bla...
Queria em nome disso... que se foda os hábitos milenares...
to pouco me fodendo pra isso...
Eu só quero viver mais... viver melhor... respirar... naturalmente.
Nada forçado.
Quem foi que disse que somos obrigados a aceitar tudo e todos?
E o livre arbitrio???
Meu livre arbítrio me permite só ficar com pessoas que possam agregar algo.
Se não agrega, não me faz falta.
Alguém avisa pra esse povo, não adianta bater de frente comigo!!!
Minha ideologia é forte, fumantes de qualquer tipo de cigarro, não tocarão meus lábios
nem sentirão o cheiro da minha pele, nem terão minha presença em um futuro próximo.
Eu posso ser isso, se alguém passasse pelo que passei, visse o que eu ví,
saberia, sentiria igual.
Vai bater de frente comigo? É um hábito, um prazer que tenho?
Vá fumar e bater uma, pra ser feliz então!
Ficou triste hoje... perdeu a 'princesinha', não me levou a sério, quando eu disse que
seu vício era insuportável, que não sou obrigada a aturar, por favor, era só ter argumentado
comigo, corretamente... não dizendo que seus maiores ídolos fumam... eu hein!
Maria vá com as outras... tá de brincadeira, só pode...
Vou eu comprar um quadriciclo, capotar, me arrebentar, porque o Ozzy fez isso...
Qual a lógica disso?
Meus ídolos... aproveito sua arte, sua biografia não me importa nada.
Não sou clone de ninguém, minha ideologia é baseada no conhecimento impirico, infelizmente
não espero, nem quero implorar que alguém entenda, aceite.
Simplesmente desisti dessas pessoas fracas, que sempre que enxergam em mim a pessoa
forte que sei que sou, grudam feito chiclete, tentam me conquistar com poesia, chocolate,
musicas, bla bla bla...
Amigo... se está a fim de conquistar uma mulher como eu. Comece agindo feito homem!
Se fuma uns back, fala logo que fuma porque o barato é foda.
Não que é um hábito, prazer, bla bla bla...
Hábito é começar a escovar o dente da esquerda pra direita, sempre de cima pra baixo... colocar o pé direito no chão ao acordar... isso é hábito...
Prazer... prazer é beijo na boca, é abraço, sexo, sol na pele, entrar no mar, cachoeira... isso é prazer.
Não trocaria tudo isso por umas ervas misturadas à bosta de vaca, dizendo ser um hábito inseparável.
Fala sério... você trocaria uma pessoa que vc diz que adora por um hábito desses?
Uma, se for um hábito que sempre existiu, mais uma razão pra se livrar... dá pra enjoar
de fazer qualquer coisa 'a vida toda'. Mude de hábito, pelo menos um...
Troque o cigarro de maconha pelo beijo da morena!
Troque o olhinho pequeno de brisa, pelo olho brilhando depois de uma bela gozada.
O que parece mais atrativo?
Apesar de tudo, me sinto aliviada de ter me livrado de mais um dos malucos que já me apareceram, ao mesmo tempo fico triste. O mal entendido forjado por ele quase me convenceu de que fosse real, e se for? Que se foda, amor!
Não vou ver mais ninguém morrer de cancer na minha frente... não vou!
Eu me recuso, não quero, não posso...