Total de visualizações de página

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Brega x Emo

Certamente todos se recordam daquele ritmo, que foi muito popular há algumas décadas, tendo ainda interpretes reconhecidos internacionalmente que não se sabe como, sobrevivem até hoje. Pois bem, o brega, como foi chamado anos depois, tinham além das melodias marcantes pela melancolia, suas letras tratavam mais ou menos sobre as mesmas relações destruídas, o famoso chifre, abandonos, dor de cotovelo, etc etc...
O que dizer então das músicas emo, que como o brega não é só um estilo musical, mas um estilo de vida, os adeptos do estilo emo, são sempre paramentados uns iguais aos outros, formam turmas homogêneas com suas munhequeiras, franjas de gosto duvidoso, cara de tristeza (imagino como devem se sentir ao se olharem no espelho toda manhã, eu também ficaria triste). Os emos tem gosto duvidoso quanto às vestimentas, isso é fato, tentam se diferenciar da sociedade, com atitudes bem claras, como quando formam as turminhas e se drogam nas frentes dos shoppings (certamente, se toda a população fizesse isso, acho que o Brasil iria à falência).
Trocando em miúdos, o fato é que a moda é cíclica, sempre voltará, o triste é que voltará piorando, sempre... o original é sempre melhor, quem ouvirá falar daqui há 20 anos de Nx Emo e Fresco?